Destaques

"...Enquanto ensinarmos que o mundo é um lugar a ser evitado, que as mazelas humanas são fruto da ausência de Deus, que Deus não ouve os pecadores, que só a igreja evangélica é que detém os "diretos autorais" da salvação, que ser forte e inabalável é sinônimo de fé e que ser pecador é ser inimigo de Deus então ainda não entendemos o plano da salvação e o evangelho de cristo rebaixado apenas á mais uma religião...."
"Sequencia de vídeos diários com a leitura do Novo Testamento"

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Os Jargões e a ilusão – parte 2

Continuando essa série de pequenos artigos quero falar um pouquinho de uma outra frase muito usada nos púlpitos auto suficientes e deterministas de nossas igrejas:

“A glória da segunda casa será maior que a primeira”

O profeta Ageu depois de um período de cativeiro de Israel foi usado por Deus a chamar a atenção do povo para a reconstrução do templo de Deus que se encontrava destruído e em ruínas.
Como disse no primeiro artigo: “Um povo com alto grau de miopia espiritual só consegue enxergar aplicações passageiras e carnais para as promessas bíblicas.”  Não é de admirar que arranjássemos dezenas de aplicações egoístas para esse versículo, que se torna quase uma solução tabajara para os problemas da vida:

Está desempregado, com contas atrasadas e passando necessidades? Lembre-se da promessa: “A glória da segunda casa será maior que a primeira”. Deus te dará um emprego melhor com maior salário e menor trabalho!

Está com problemas com o carro, vazando óleo ou reprovado na inspeção veicular? Não aceite este opróbrio, tome posse da vitória: ”A glória da segunda casa será maior que a primeira”. Você vai receber um carro novinho e bem melhor que o atual.

Está deprimido, decepcionado por um amor não correspondido? Creia na promessa: “A glória da segunda casa será maior que a primeira”. Uma pessoa de Deus e abençoada está preparada para você!


Para qualquer tipo de perda material ou fracasso encaixamos essa frase como um estepe careca, e isso nos faz sentir melhor e esperançosos por um futuro promissor afinal esta perda “foi da vontade de Deus” - Vai entender!

Mas o sentido do versículo de Ageu não é esse, nem na época em que foi escrito com o sentindo literal que era o de restaurar o lugar da adoração e lembrar-se da casa de Deus abrindo mão de desejos e planos individuais para num mutirão restaurar o templo de Deus; nem no sentido espiritual para os dias de hoje que é totalmente diferente da aplicação corriqueira.

Diversas passagens bíblicas nos ensinam que nós somos edificados casa espiritual, que NÓS somos o templo e que Deus não habita em templos feitos por mãos e homens. O ser humano é casa de Deus o lugar onde Ele tem prazer em habitar, mas que por conta do pecado esse templo humano foi arruinado e se tornou inabitável. Ageu então, numa voz profética, diz, que o templo precisa ser restaurado, que o povo deveria se importar menos com suas coisas passageiras e dar mais atenção ao templo que precisa ser reconstruído e se tornar habitável. Deus propõe uma rocha, uma pedra de esquina para que o homem reconstrua sobre ela o templo em que Deus habitará de uma vez por todas.

O profeta, inspirado por Deus, então declara: “A glória da segunda casa será maior que a primeira”. A segunda casa não é feita de tijolos, não é inerte nem morta. Essa casa é viva e se chama Ser Humano!
A glória da primeira casa, que era o templo e a arca aliança, é incomparavelmente menor que a glória da segunda casa: o homem!

Não estamos falando de carros ou empregos, estamos falando em abrigar a presença de Deus em nós e isso é uma honra com glória sem limite. Gerações não conheceram a Deus como Emanuel - Deus CONOSCO. Pais, filhos, netos e bisnetos passaram sem saber como é ter a presença de Deus dentro de si.

Mesmo no Éden Deus não habitava dentro do homem apesar de ter uma relacionamento diário e face a face com ele.

Jesus veio para nos fazer habitáveis por Deus. Não é mais preciso sacrifícios dentro do velho templo porque o verdadeiro sacrifício, o cordeiro de Deus, está dentro do templo humano, a arca de aliança agora é inútil pois Deus agora veio morar e não passar em visita de vez em quando, a lei não precisa mais ser escrita em pedras que podem se quebrar, agora ela é escrita por dentro em corações de carne. Isso é graça!

Essa casa que pedreiro nenhum pode construir e que arquiteto nenhum pode conceber. A casa criada pela trindade tem a glória maior de seus criadores. Essa segunda casa ela é muito mais gloriosa que a primeira já que tem promessa de ser eterna. Se ela estiver sobre a rocha (Jesus) podem soprar os ventos e bater a tempestade que ela permanece firme, inabalável.

A segunda casa não é exclusividade de abastados ou sábios, mas de qualquer um que com um coração sincero e atitudes cristãs éticas diárias renascem em Cristo como casa de Deus. Por ela abrigar o Deus onipotente é que ela uma glória sem precedentes.

Quando dizemos que a glória da segunda casa é maior que a primeira deveríamos querer dizer que mesmo que perdessemos o emprego, o carro ou a casa devemos ser gratos por sermos templo de Deus.

Sola Gratia

Comentários
0 Comentários

Outras publicações