Destaques

"...Enquanto ensinarmos que o mundo é um lugar a ser evitado, que as mazelas humanas são fruto da ausência de Deus, que Deus não ouve os pecadores, que só a igreja evangélica é que detém os "diretos autorais" da salvação, que ser forte e inabalável é sinônimo de fé e que ser pecador é ser inimigo de Deus então ainda não entendemos o plano da salvação e o evangelho de cristo rebaixado apenas á mais uma religião...."
"Sequencia de vídeos diários com a leitura do Novo Testamento"

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Cretenses na igreja brasileira


Esse homem ai ao lado é Epimênides. Ele seria chamado por muitos falsos profetas de um “blogueiro recalcado” dos dias de Creta no século VI a.C. Um poeta e elevado, graças a sua denúncia sobre Creta, à condição de profeta pelo apóstolo Paulo em Tito 1:12, delatou que os cretenses em geral eram “sempre mentirosos, bestas ruins, ventres preguiçosos”. Esse erro terrível dos moradores da ilha os levavam a ser como muitos de nós hoje em dia: enganadores e aproveitadores, que até mesmo usavam da fé do povo para tirar vantagem. Muitos falsos profetas atacavam nesse lugar, transtornando casas inteiras “ensinando o que não convém, por torpe ganância” (v.11) . Eram homens que tomavam coisas como impuras, ensinando um fundamentalismo tolo que trazia por trás ganância, rapinagem e uma vida desregrada e levada ao pecado (vv. 15 e 16).
Hoje em dia diversos “mestres” falsos se levantam, querendo apagar de nós todos a sã doutrina bíblica e nos levar a uma religiosidade fingida e guiada para nossos ganhos financeiros pessoais e nosso EU, nosso umbigo como deus, para sustentarmos nossos ventres preguiçosos. Haja campanha disso, desafio daquilo, tudo menos renúncia e cristocentrismo. Tudo para “nossos sonhos se realizarem”, para “determinarmos” nossa vontade em detrimento da de Jesus. E isso tudo sem esforço algum. Afinal ser pobre “é uma doença, é ser um derrotado, Jesus não quer isso pra você, você é filho do Dono do Ouro e da Prata!” (trabalhar que é bom ninguém quer, só querem pilhar os céus).
E pra piorar estamos vivendo uma época em que não podemos mais repreender essas coisas, sob pena de sermos chamados de invejosos, caluniadores e desocupados. Paulo, Orígenes, Tertuliano, Agostinho e Lutero, seus fanfarrões!!!! Podiam se calar e continuar pregando o Evangelho de qualquer jeito ao invés de perderem seus tempos dando uma de apologistas!!!
O fato é que independente dos que se calam, nossa missão é FALAR E MUITO. Falar o que procede da sã doutrina (Tito 2.1), repreender os que pregam mentiras com TODA AUTORIDADE pra isso (Tito 1.13 e 2.15) e caso insistam, evitar esses tolos (Tito 3.9-11) mostrando a todos o quanto ele está caído e pervertido e assim podendo calar a voz deles para aqueles que ainda querem ouvir apenas a voz do Bom Pastor (Tito 1.11). E nós mesmos temos que buscar, como sacerdotes e defensores da fé, sermos irrepreensíveis (Tito 1.5-9), para que estejamos prontos para todo e qualquer combate em nome de Cristo e que ELE realmente seja louvado em tudo.
Deus nos abençoe e nos instrua a cada dia, nos dando coragem e discernimento para abrir nossos lábios para a Verdade ser proclamada!
Comentários
0 Comentários

Outras publicações