Destaques

"...Enquanto ensinarmos que o mundo é um lugar a ser evitado, que as mazelas humanas são fruto da ausência de Deus, que Deus não ouve os pecadores, que só a igreja evangélica é que detém os "diretos autorais" da salvação, que ser forte e inabalável é sinônimo de fé e que ser pecador é ser inimigo de Deus então ainda não entendemos o plano da salvação e o evangelho de cristo rebaixado apenas á mais uma religião...."
"Sequencia de vídeos diários com a leitura do Novo Testamento"

terça-feira, 15 de abril de 2014

Malafaia censura canal de blogueira no youtube


Conforme já havíamos comentado aqui em julho de 2011, no artigo "Malafaia quer liberdade de expressão só para ele", o polêmico pastor carioca, através do estúdio que produz seus programas, mandou retirar do youtube um vídeo que o criticava, intitulado "Silas Malafaia, Mike Murdock e Morris Cerullo: como vender bênçãos divinas".

Já faz muito tempo que não comentamos sobre Silas Malafaia aqui no blog, e talvez seja isso que o esteja incomodando. Aos poucos ele percebe que perdeu a importância que imaginava ter e caminha a passos largos para a total irrelevância no mundo cristão, e isso deve incomodá-lo muito, além de - obviamente - prejudicar os negócios de suas empresas.

Ninguém mais se lembrava daquele vídeo, até porque poucos incautos ainda se deixam enganar por Mike Murdock e Morris Cerullo, afinal já deu tempo mais do que suficiente para perceber que todas as "bênçãos" que eles venderam (Bíblia a 900 paus, por exemplo) anos atrás eram engodo.

É que, graças a Deus, ainda tem crente que lê a Bíblia, e percebe que em Deuteronômio 18:22 está escrito: "Quando o profeta falar em nome do Senhor e tal palavra não se cumprir, nem suceder assim, esta é a palavra que o Senhor não falou; com presunção a falou o profeta; não o temerás"

Aliás, a Bíblia do Malafaia foi vendida a 900 reais em 2009, e, se a profetada do Morris Cerullo tivesse dado certo, já haveria milhares de testemunhos sobre os seus poderes milagrosos, não é mesmo? Alguém ouviu um só?

O espírito de censura que baixou em terras malafaianas agora mostra apenas que o seu discurso de liberdade de expressão vale só para ele. O resto que cale a boca!

Bons tempos aqueles em que pastores não amaldiçoavam, mas abençoavam, nem tinham que recorrer a "agências" e "estúdios" para se defenderem, pois cristãos de verdade sabiam, como continuam sabendo, que seu único socorro é a Verdade de Cristo Jesus.

A informação é do exemplo bereano:

Inquisição gospel: Malafaia é contra liberdade de expressão.

Pelo menos quando a liberdade de expressão o denuncia. Minha amiga Vera (uma estrangeira no mundo) acabou de nos comunicar que foi censurada no Youtube por uma postagem onde apresentava e comentava cenas de um programa do Malafaia. O mesmo Silas que esbraveja na TV, criticando tudo não aceita criticas. Espero que a Vera consiga reverter a situação e volte com seu vídeo para que mais pessoas possam ver e refletir sobre quem é este senhor travestido de pastor e as barbaridades que ele prega como se fosse Palavra de Deus.

Qual o medo deste senhor? De ser contestado? Avaliando o que ele prega da para entender o medo da contestação pois seus argumentos são como castelos de areias que facilmente podem ser derrubados. Se fossem sólidos, moral e biblicamente falando, ele não precisa usar da censura para tentar calar quem discorda dele.

Abaixo o texto da Vera publicado no Facebook.


Pessoal, descobri hoje que o vídeo "Silas Malafaia, Mike Murdock e Morris Cerullo: como vender bênçãos divinas" (editado por mim com cenas dos programas desses (im)pastores, nas quais usam das mesmas técnicas de manipulação para levar os fiéis a doarem grandes quantias de dinheiro em troca de bênçãos financeiras e outras mais) foi REMOVIDO do Youtube. E ainda recebi uma ameaça do site, dizendo que se uma nova denúncia for feita eu perderei o canal "Estrangeira no Mundo".

Quem fez a "denúncia" foi a empresa Emotion Studius, que tem com um de seus clientes justamente o (IM)Pastor Silas Malafaia e sua ADVec (conformehttp://www.emotiondigital.com.br/partners.php ). Devem estar se mobilizando para novas denúncias, já que há outros vídeos desmascarando o Malafaia em meu canal.

O vídeo deletado tinha 17.159 visitas. Espero, mesmo, que tenha sido bem compartilhado. De qq forma, vou ver se consigo postá-lo aqui no Face. Abaixo, a "notificação" após a remoção do vídeo. Os (IM)Pastores querem calar a todo custo quem denuncia suas HERESIAS, mas o Deus que servimos não dormita.

A Ele, toda a honra e toda a glória para sempre.

Prezado(a) Estrangeira no mundo:

Desativamos o seguinte material como resultado de uma notificação de terceiros de Emotion Studios Ltda alegando que este material é infrator: Silas Malafaia, Mike Murdock e Morris Cerullo: como vender bênçãos divinas


Observação: A reincidência na violação de direitos autorais acarretará a exclusão da conta do usuário infrator e dos respectivos vídeos enviados. Para evitar que isso ocorra, remova todos os vídeos sobre os quais você não detém os direitos de reprodução e não envie outros vídeos que violem os direitos autorais de terceiros. Para saber mais sobre a política de direitos autorais do YouTube, leia nossas Informações sobre direitos autorais.

Se uma de suas postagens for identificada incorretamente como infratora, o usuário poderá enviar uma contranotificação. Veja informações sobre esse processo em nossa Central de Ajuda.

Observe que na seção 512(f) da Lei de Direitos Autorais, qualquer pessoa que intencionalmente apresentar declaração falsa de que um material foi desativado por engano ou identificação incorreta pode estar sujeita à penalidades por danos.

Atenciosamente,

— Equipe do YouTube
Comentários
0 Comentários