Destaques

"...Enquanto ensinarmos que o mundo é um lugar a ser evitado, que as mazelas humanas são fruto da ausência de Deus, que Deus não ouve os pecadores, que só a igreja evangélica é que detém os "diretos autorais" da salvação, que ser forte e inabalável é sinônimo de fé e que ser pecador é ser inimigo de Deus então ainda não entendemos o plano da salvação e o evangelho de cristo rebaixado apenas á mais uma religião...."
"Sequencia de vídeos diários com a leitura do Novo Testamento"

sábado, 30 de março de 2013

A oração da favela

Por Alex Martins
Oh, Deus!

Recentemente centenas de pessoas invadiram um enorme terreno abandonado que fica aqui perto de casa e começaram a construir barracos de madeira. De uma certa forma não acho isso errado, o Senhor mesmo disse certa vez que não é justo alguém ir adquirindo terra e mais terra até ser dono de tudo enquanto outros ficam sem.

Eles alteraram a paisagem do lugar que ficou feia com um monte de barracos feitos com madeira de diversas cores e telhados com plastico preto balançando ao vento.
Isso gerou desvalorização do bairro, o valor das casas por aqui caiu significativamente, inclusive da minha.

Senhor, os moradores antigos não gostaram da nova vizinhança e disseram que não vão aceitar isso. Eles fizeram um abaixo assinado e coletaram centenas de assinaturas para que as autoridades os expulsem daqui. O fato, Deus, é que diferentemente de Jesus, as pessoas não querem ficar perto de pobres maltrapilhos, principalmente aquelas que têm carros e casas chiques.

Oh Deus, peço que o Senhor livre meus vizinhos e eu do mal. Estávamos aqui tranquilos curtindo nosso bairro, vivendo nossas vidas perfeitas sem interferências e agora chegam essas pessoas, por isso eu lhe peço que o Senhor nos livre do mal. Mas Deus, o mal que eu quero que o Senhor nos livre não é o mal que mora em casas de madeira, mas o mal que mora em nosso próprio coração.

Livra-nos de ser o mal para essas pessoas!

Livra- nos da indiferença, de nos acharmos superiores, de nos acharmos melhores do que eles porque temos carros e latrinas.

Senhor, quando alguns deles vierem as nossas portas pedir alguma ajuda, que nós os tratemos com dignidade e amor, até, para se for o caso, dizer que não temos com que ajudar. Mas que nós cristãos sempre nos lembremos que Jesus ensinou que melhor coisa é dar do que receber.

Não deixe a indiferença permear nossos corações.

Deus, passei lá em frente e vi diversas crianças, creio que não deva ser fácil para um pai ter que criar seus filhos num ambiente desses. Ouvi dizer que nessas madrugadas chuvosas eles não dormem, porque a chuva invade a casa e derruba algumas estruturas e destrói as poucas roupas e utensílios que eles guardam no chão e em caixas.

Deus, eu peço que Senhor dê dignidade ao pai de família e as mães. Que eles saibam que eles são seres humanos valorosos e importantes mesmo que suas casas não valham nada e seus utensílios não sejam importantes.

Que eles saibam que Jesus morreu por cada um deles e que Jesus conhece a história de cada um. Que o Senhor clame de dentro dos corações das pessoas, principalmente daqueles que freqüentam cultos e missas, que o Senhor clame por ajuda e por amor.

Que enquanto os favelados olham para o céu e clamam por Ti, o Senhor mesmo responda de dentro dos corações de pessoas boas e os estimule a ajudar. E que esses respondam sim, para que o mundo ache Deus em nós.

Também peço que o Senhor os livre do mal de acharem que Senhor não se importa, ou que coloquem a culpa do seu sofrimento em Ti. O Senhor não criou seres humanos pobres ou ricos, o Senhor criou seres humanos e foram os próprios humanos que criaram os pobres e os ricos.

Peço que o Senhor os leve a ti, levando-nos a eles.
Que o Senhor também os leve à uma igreja, à uma comunidade que os acolha e os ame. Livrai-os das igrejas do mal, que dirão que seu problema é por causa de pecado, demônio ou por falta de darem o dizimo. Que eles sejam poupados de pastores que lhes desafiem a dar o pouco que tem com a promessa de ganhar cem vezes mais. Que eles sejam poupados de ladroes que falam em Seu nome, oh Deus!

Que o governo lhes dê suporte, que os vizinhos lhes deem ajuda, que os comerciantes não ajam como se todos fossem ladrões.
E que quando o frio bater por entre as frestas de madeira, que o Senhor os aqueça.
Quando a solidão invadir os corações maltrapilhos que eles se lembrem do Deus Emanuel que é conosco e que diz: estarei convosco todos os dias.
Quando lhes faltar o pão, que a comunidade o ofereça.
Quando lhes faltar a paz, que um enviado do Príncipe da Paz, Jesus, esteja por perto.

Que as mães consigam para seus filhos vagas nas escolas mesmo sem ter endereço oficial ou comprovante de residencia, que os pais achem trabalho e que empresários da região achem uma região no seu coração disposto a dar trabalho a um sem teto; que as crianças consigam nas casas de alvenaria amiguinhos que não os discriminem, que possa haver amizade entre aquele no final de semana lava o carro com carinho e aquele que no final de semana com o mesmo carinho prega a parede de madeira no lugar devido.

Que os clérigos, sacerdotes e pastores ganhem muitas almas em meio a este povo, não ganhar almas no sentido de leva-las ao templo, mas no real sentido de ganhar almas, tirando de dentro de um ser humano sem auto estima, sem previsão de futuro e sem esperança, uma alma linda, grata, com esperanças de um futuro melhor, que isso seja ganhar almas, e aquele que assim faça, sábio seja.

Por ultimo, Deus, quero pedir justiça. Justiça para todos terem o que comer. Justiça para que todos criem suas famílias com a mesma dignidade. Justiça para que todos os criminosos sejam punidos de igual forma, não importando se moram num barraco de madeira, numa casa de alvenaria ou num condomínio fechado. Justiça para que todos tenham uma casa digna para se morar. Que todos sejam felizes.
Que mais importante que a desvalorização do imóvel, seja a desvalorização do ser humano, que mais preservada seja a paisagem da alma do que a paisagem ambiental.

E justiça para que todos vejam no outro um irmão, sendo filhos do mesmo Pai.

Em nome daquele que também não tinha onde reclinar a cabeça, Jesus

Amém.

Comentários
0 Comentários

Outras publicações