Destaques

"...Enquanto ensinarmos que o mundo é um lugar a ser evitado, que as mazelas humanas são fruto da ausência de Deus, que Deus não ouve os pecadores, que só a igreja evangélica é que detém os "diretos autorais" da salvação, que ser forte e inabalável é sinônimo de fé e que ser pecador é ser inimigo de Deus então ainda não entendemos o plano da salvação e o evangelho de cristo rebaixado apenas á mais uma religião...."
"Sequencia de vídeos diários com a leitura do Novo Testamento"

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Os benefícios do céu ou mãos furadas?

Céu... O lugar mais esperado pelos cristãos, um lugar de glória. A bíblia diz que lá não haverá choro, dor, sofrimento; não haverá hospitais, trânsito e nem impostos. Lá teremos nossos afazeres e tarefas, mas todo trabalho será feito sem peso, tristeza e o melhor de tudo: Não nos cansaremos. 

Alegria eterna, saúde, corpo incorruptível, amor verdadeiro, paz, felicidade, satisfação, quebra da lei da gravidade, ruas de ouro, mar de cristal, e maçanetas de diamantes. Ual! Isso é o que encontraremos nos céus! Um lugar mais desejável do que qualquer mansão em Beverly hills, muito mais valioso do que o melhor apartamento de Dubai. E Jesus foi nos preparar um lugar lá!

Mas sabem... não é por isso que quero ir para o céu.  A rua de ouro, o mar de cristal, e – acreditem -  nem mesmo a ausência de impostos é que me atraem para lá. Não quero ir para o céu para ter um corpo incorruptível ou possuir uma mansão celestial.
Talvez você diga: “Ué! Mas não é isso que faz o céu ser CÉU??”. Não!

O que torna o céu tão atraente e especial não o QUE tem lá mas QUEM está lá.
O céu só será maravilhoso porque Jesus estará lá.  E é por isso que eu quero ir para o céu.

E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.(João 14:3)

Se Jesus não estivesse lá, mesmo com todos os atrativos, lá poderia ser considerado inferno, porque a melhor definição de inferno é “Lugar onde Deus não está”.
Por isso acho horrível a atitude de pessoas que se dizem cristãs, mas que ao passar por um problema qualquer exclamam: “Que inferno!” ou “Minha vida está um inferno” ou “Esse trânsito é um inferno”.  Sem saber estão dizendo: “Deus não está aqui comigo”.

A melhor imagem que se pode ter no céu é a face de Deus, a melhor inscrição de lá é a frase na coxa de Cristo: “Rei dos reis e Senhor dos Senhores”, a melhor ceia será servida por Ele, e o melhor brilho será o do Seu rosto.

Nenhuma glória do céu poderá ser comparada com a glória do Deus do céu!
Nenhuma invenção humana estará lá, nenhuma Ferrari ou arquitetura de Oscar Niemeyer. Porque nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem chegou ao coração humano  o que Deus tem preparado para aqueles que o amam. Na verdade só vai haver uma coisa no céu que foi criada pelo homem aqui na terra: Os furos nas mãos de Cristo!

Mas a melhor coisa, que é a única que importa, é que veremos Jesus como ele realmente é.
...quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é. (1 João 3:2)

Não o veremos sob o olhar da religião atual, como um ídolo coitado e  ensangüentado, ou como um fraco, com cara de homossexual ou como indefeso numa manjedoura. Mas também não o veremos como um gênio que atende a pedidos, nem como um homem de negócios que multiplica o dinheiro que lhe é confiado, nem como um Dr hollywood que faz milagres na medicina, nem como o porteiro das portas da esperança ou subsidiário do Minha Casa Minha Vida.

Jesus será diferente da imagem que nos é apresentada hoje. O Deus gospel com uma guitarra, um cheque em branco e um estetoscópio. 

A promessa de que o veremos como ele é, significa que a imagem que temos hoje não é verdadeira, é turva. O Deus que impõe metas, que cobra perfeição e santidade, e que pune impreterivelmente os errantes; não estará lá.

 
Enquanto houver um coração batendo em nosso peito também haverá uma mão furada estendida em nossa direção. Segure-se nela, enquanto há tempo, e você terá o prazer de conhecer a maior atração do céu!


Sola Gratia
Comentários
0 Comentários

Outras publicações