Destaques

"...Enquanto ensinarmos que o mundo é um lugar a ser evitado, que as mazelas humanas são fruto da ausência de Deus, que Deus não ouve os pecadores, que só a igreja evangélica é que detém os "diretos autorais" da salvação, que ser forte e inabalável é sinônimo de fé e que ser pecador é ser inimigo de Deus então ainda não entendemos o plano da salvação e o evangelho de cristo rebaixado apenas á mais uma religião...."
"Sequencia de vídeos diários com a leitura do Novo Testamento"

quarta-feira, 2 de junho de 2010

LIVRO: Seis horas de uma sexta feira

Autor: Max Lucado
ISBN: 8573675489

"Verdadeiramente este era o Filho de Deus!" Mateus 27:54

Para um espectador casual, as seis horas são mundanas...

Deus está em uma cruz. O criador do universo está sendo executado.

Saliva e sangue estão misturados em sua face, e seus lábios estão rachados e inchados. Espinhos rasgam seu couro cabeludo. Seus pulmões gritam de dor. Suas pernas dão nó com cãibras. Os nervos esticados ameaçam romper enquanto a dor ressoa sua mórbida melodia. Ainda assim, a morte não está à mão. E não há ninguém para salvá-lo, porque ele está sacrificando-se.

Não são seis horas comuns... não é uma sexta-feira comum.

Deixe-me fazer uma pergunta a você: o que você faz com este dia da história? O que você faz com sua reivindicação?

Se isso realmente aconteceu... se Deus realmente requisitou sua própria crucificação... se ele realmente virou suas costas para seu próprio filho... essas seis horas não foram seis horas comuns. Elas foram as horas mais críticas da história.

Um dos livros mais emocionantes que li.  Chorei algumas vezes, meditei muito nos textos. Excelênte. Recomendadísimo


Comentários
0 Comentários

Outras publicações