Destaques

"...Enquanto ensinarmos que o mundo é um lugar a ser evitado, que as mazelas humanas são fruto da ausência de Deus, que Deus não ouve os pecadores, que só a igreja evangélica é que detém os "diretos autorais" da salvação, que ser forte e inabalável é sinônimo de fé e que ser pecador é ser inimigo de Deus então ainda não entendemos o plano da salvação e o evangelho de cristo rebaixado apenas á mais uma religião...."
"Sequencia de vídeos diários com a leitura do Novo Testamento"

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Drive Thru da Oração




Apesar de ser uma brincadeira isso acontecer de verdade e parecido, olhem só:




IGREJA UNIVERSAL OFERECE “DRIVE-THRU DA ORAÇÃO”



A iniciativa começou no Texas, nos Estados Unidos, e agora chega ao Brasil
Cinthia Meibach
A IURD da Vila Mariana, na zona sul de São Paulo, foi inaugurada no mês de abril e chama a atenção dos pedestres e motoristas não somente pela beleza de sua arquitetura, mas também por aderir ao método evangelístico do “Drive-Thru da oração”.
O procedimento é simples: o ocupante do automóvel recebe um folheto de apresentação da Igreja, com informações sobre as reuniões e, de dentro do carro, explica para o pastor o problema que tem vivido, recebe oração e segue viagem.
A iniciativa surgiu nos Estados Unidos, em 2006, em igrejas localizadas à beira de rodovias movimentadas, e começou a ser feita também pelo bispo Renato Cardoso, responsável pela IURD de Houston, no Texas.
“Como aqui em Houston pouco se vê pessoas nas ruas, só carros, então tivemos essa ideia”, explica o bispo.
Para o pastor Osvaldo Volpini (foto à esquerda), responsável pelo trabalho da IURD da Vila Mariana, a escolha pelo método evangelístico se deu pela localização do templo, que fica em uma avenida movimentada.
“Nós percebemos que durante o tráfego intenso, os carros ficavam parados na frente da igreja, então, colocamos faixas sinalizando o “Drive-Thru” e os motoristas começaram a entrar para receber orações”, explica.
De acordo com o pastor, o trabalho começou há pouco mais de uma semana, mas já é possível perceber a aceitação dos participantes.
Pela segunda vez, na mesma semana, o florista Eugenio Ferreira dos Santos, de 47 anos, saiu do trabalho e decidiu parar por alguns minutos em frente ao templo.
“Eu recebi a oração e me senti bem. Sempre que posso, passo aqui para receber a proteção divina”, comenta. Priscilla Amaral, administradora, de 24 anos, também gostou da ideia. “É ótima essa iniciativa, pois já que estou parada no trânsito, não custa nada entrar um pouco, receber a intercessão de um homem de Deus e seguir para casa abençoada”, afirma.
Até mesmo motociclistas, que não costumam ficar presos em congestionamento, param por alguns minutos em frente à igreja.
“É bom estar protegido, ainda mais quando se anda no trânsito de São Paulo de moto. Se todos passassem por aqui, com certeza não teríamos tantos acidentes”, afirma o motociclista Mario Reinaldo, de 40 anos.
O trabalho é intensificado no horário de pico, entre 18h e 20h, período em que há maior fluxo de carros e congestionamento na região.
Thiago Sapadjian, de 28 anos, é um dos voluntários do “Drive-Thru da oração”, e diz perceber um interesse da parte dos motoristas, que são surpreendidos com o convite inusitado. Muitos, por curiosidade, aceitam a oração rápida e acabam voltando depois para participar da reunião.
“Realmente essa ideia de evangelização foi algo inédito, pois todos que passam aqui na frente acabam olhando para igreja e muitos que estão vivendo situações difíceis nos procuram para receber um apoio espiritual”, conta Thiago.
Os pedestres também são convidados a entrar, colocar o nome no livro de oração e receber a intercessão.
A costureira, Luciene Oliveira Freitas, de 60 anos, conta que, um dia antes, passava a pé pela calçada da igreja desesperada por causa de problemas financeiros.
Ao aceitar o convite dos voluntários, desabafou com o pastor, ouviu uma palavra de fé e, no outro dia, os clientes que estavam devendo dinheiro para ela foram até a sua oficina para acertar os débitos.
“Foi maravilhoso. Todos vieram de uma vez e me pagaram. De ontem para hoje eu já tive uma resposta. Por isso voltei, para assistir a reunião e agradecer a benção recebida”, diz.
A IURD da Vila Mariana fica à Avenida Domingos de Moraes, 2.051, na zona sul da capital paulista.

Comentários
0 Comentários