Destaques

"...Enquanto ensinarmos que o mundo é um lugar a ser evitado, que as mazelas humanas são fruto da ausência de Deus, que Deus não ouve os pecadores, que só a igreja evangélica é que detém os "diretos autorais" da salvação, que ser forte e inabalável é sinônimo de fé e que ser pecador é ser inimigo de Deus então ainda não entendemos o plano da salvação e o evangelho de cristo rebaixado apenas á mais uma religião...."
"Sequencia de vídeos diários com a leitura do Novo Testamento"

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Em São Paulo, o $how tem que parar; em Manaus, filho do Benny Hinn espanca deficiente

223
No dia 12 de fevereiro o Movimento pela Ética Evangélica Brasileira esteve na entrada do Ginásio da Portuguesa, em São Paulo, onde o pastor e pseudo-profeta americano Benny Hinn estaria se apresentando à noite. Em busca de curas e milagres financeiros, uma multidão de pessoas esteve presente.
Como sempre, ficamos na entrada, na calçada de uma churrascaria vizinha ao evento. Como sempre, os seguranças do evento gospel tentaram nos intimidar com olhares, gestos, risos e até tirando fotos nossas, até descobrirem que não iríamos tumultuar nada, pois era mais um protesto pacífico que contava apenas com nossas faixas e camisetas com versículos bíblicos, e então foram embora. Como sempre, pessoas passaram rindo, afinal para elas “Jesus era rico” (em contrapartida à nossa faixa que questionava o porquê de Jesus ser pobre), e outras se aproximaram para saber o que fazíamos ali, ou mesmo para elogiar nossa presença naquele lugar.
224Como sempre, saímos felizes pela oportunidade que tivemos de lá estar, tentando levar uma mensagem de reflexão ante a ditadura de heresia que tomou conta de muitas denominações, ditadura essa que impede que sequer o fiel tenha coragem de duvidar de algo que o líder gospel fala. Que diferente dos ensinos de Jesus Cristo, Daquele que tinha prazer em explicar do Reino sempre que era questionado!
Dessa experiência, nasceu o vídeo a seguir do Vinicius do blog Refletindo a Graça:

Fizemos outro vídeo, onde no final colocamos a gravação (gravada da TV) de parte da apresentação (pois é um espetáculo) do Benny Hinn no dia 12/02 (a partir do minuto 3:50). Nesse vídeo (a seguir), explicamos as técnicas que o pseudo-profeta utiliza para levar parte do público que o assistia a “cair na unção”.

Acabei de ler uma notícia no site Genizah (dica do Web Evangelista), que transcrevo a seguir:

Filho  de Benny Hinn agride com socos e pontapés um deficiente que assistia ao culto  celebrado por seu pai e Renê Terra Nova em Manaus

A  dupla de falsos profetas realizou “culto”neste último sábado (16-02) em  Manaus
Manaus – Joshua Benjamin Hinn, filho do pastor norte-americano Benny Hinn, juntamente  com os seguranças Caleb Andrew Shirk e Konstantins Konstantinovs foram presos em  flagrante por policiais militares, acusados de agredirem com socos e pontapés o  deficiente auditivo Hestepheson Marques Araujo.
A  prisão ocorreu no sábado por volta de por volta das 22h, quando Hestepheson  tentou chegar perto do pastor Benny Hinn, para abraçá-lo, durante uma  programação na arena Povos da Amazônia (antiga Bola da Suframa), da igreja do  apóstolo Renê Terra Nova.
De  acordo com os policiais, o filho do pastor, juntamente com os seguranças  americanos Caleb e Konstantins, ao perceberam a aproximação de Hestepheson, que  é surdo e mudo, o imobilizaram e o espancaram dentro de container / trailler  que foi instalado no local do evento.
Seguranças, Caleb e  Konstantins terminam na Delegacia em Manaus. Falsos profetas precisam de  seguranças…
A  Polícia Militar foi acionada e prendeu em flagrante os seguranças e o filho do  pastor, que afirmaram que não sabiam que rapaz era surdo e mudo, e queriam que  ele falasse porque queria abraçar o pastor.
Hestepheson  deixou o local em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência  (Samu) e deu entrada no Pronto-Socorro 28 de Agosto.
Os  seguranças foram apresentados no 3ª Distrito Integrado de Polícia, no bairro  Petrópolis, Zona Sul de Manaus. O consulado americano em Manaus  foi acionado e  acompanhou os depoimentos dos acusados, que negaram a acusação, e afirmaram que  dentro do container estavam apenas tentando conversar com a vítima.
João  Batista Costa de Araújo, pai de Hestepheson, juntamente com o seu filho e uma  tradutora de sinais, estiveram na delegacia, onde os responsáveis da programação  com Benny Hin  tentaram convencer a vítima  a não prestar queixa.
Joshua  Benjamin Hinn e os seguranças Caleb Andrew Shirk e Konstantins Konstantinovs na  Delegacia
Fontes  do Portal do Holanda informaram que foi feito um acordo, com um alto valor, para  não ocorrer divulgação do  fato e a vítima esquecer o  incidente.
De  acordo com a fonte, diante da negativa de representação, o delegado plantonista,  Arnon Barbosa Queiroz, registrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência e  liberou todos os acusados.
Da  delegacia, o filho de Hinn e os seguranças, seguiram direto para o Aeroporto  Internacional Eduardo Gomes, para deixar Manaus  rumo aos Estados  Unidos.

Em  tempo

Recebemos  (*) o link de um blog dedicado ao Benny Hinn editado por um rapaz de Manaus de  nome Hestepheson Marques de Araujo. [CONFIRA] Salvo suprema coincidência, o blog pertence à  vitima da agressão. A fotografia ao lado está no perfil do blogger de  Hestephenson. O sonho  de menino do jovem Hestepheson  era ser como o seu ídolo Benny Hinn. O rapaz  se vestia como o pregador e, provavelmente, se via derrubando milhares de fiéis  em shows  de “unção e poder”, como os realizados por  Benny. Assim  como a roupa, deve ter imitado os gestos teatrais do mestre e o seu andar  triunfal no palco. Como qualquer menino que um dia correu para a bola como Pelé   ou dirigiu um carrinho de brinquedo como Sena ou Fitipaldi, a ilusão do  super-herói perseguiu Hestepheson.  Contudo, a grande tristeza é o ocaso de Cristo e do Evangelho neste sonho  infantil. Jesus é coadjuvante no espetáculo de idolatria e horror evangélico que forma multidões seguindo heróis de mentirinha, mas que ao  contrário dos personagens de capa e espada, mais dia, menos dia, depois de lhes  afanar todo o dinheiro, os destroçarão também a alma. Se não lhes encherem  também o corpo de porrada! Grotesco.  A idolatria evangélica chegou a limites inimagináveis. Será que este menino foi  liberto pela dor? Imagine ser violentamente agredido pelo filho do próprio ídolo  no dia em que se vai conhecê-lo de perto? O  leitor do Genizah, Gleidson, que nos deu a dica deste blog dedicado a Benny  Hinn, pondera: “imagino quanto o corpo e o coração dele estão quebrados, mas  oremos para ele encontrar em Cristo a cura de ambos”.

Em tempo  2

Como  atesta este LINK e imagem a seguir, não é a primeira vez que o filho de  Benny Hinn é preso.
Codigo  Penal da Florida 316.193 Driving under the influence.  (Dirigir sob  influencia de alcool ou drogas).
(*) Dica do  Gleidson
Dica do Renato Almeida
Genizah
Pois bem, viram a que ponto chega a truculência do filho e dos seguranças do Benny Hinn? Será que, embora tão próximos do Benny Hinn, a “unção” que ele tem não lhes afeta, não lhes transmitindo os frutos do Espírito? Ou será que a tal “unção” é apenas mais um engano nesses últimos tempos?
“Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.” - Gálatas 5:18-25
É estranho tudo isso. Não é preciso ser pseudo-profeta para adivinhar que, se alguém se aproxima de um líder espiritual gospel, é para receber dele aquilo que ele promete e propagandeia (com o fim de arrecadar muito dinheiro dos fiéis): “unção” através do toque, da presença. Mas vejam que nem os seguranças, nem o filho do pseudo-profeta entenderam isso, e mais, ainda espancaram uma pessoa que estava ali de coração puro. Vejam, não foi apenas ignorância de seguranças despreparados. O filho do “ungidão-mor” se envolveu nisso também.
Esses são os frutos que o espírito que acompanha quem prega outro evangelho, que não o de Cristo, tem para oferecer a quem lhe segue.
VOLTEMOS AO EVANGELHO PURO E SIMPLES,
O $HOW TEM QUE PARAR!
234
Em tempo: nessa semana hackearam o site da Igreja Apostólica Plenitude do Trono de Deus, colocando fotos dos protestos do Movimento pela Ética Evangélica Brasileira. Publicaram em vídeo essa invasão. Nós não somos favoráveis a esse tipo de ato, pois cremos que não será por força nem violência que as pessoas terão seus olhos abertos, mas entendemos que, diante do altíssimo grau de heresia consumido por muitas denominações, jogando na lama o nome e o Evangelho de Jesus Cristo, é difícil não fazer nada. Que o diga Pedro, que não suportou ver Jesus sendo levado preso e desembainhou sua espada em defesa do Rei.
237
Comentários
0 Comentários

Outras publicações